60438-5-formas-de-despertar-ideias-para-escrever-um-livro

11 formas de despertar ideias para escrever um livro

“Escrever um livro”, declarado assim, numa pancada só, parece uma tarefa gigante, uma realização muito difícil. Afinal, tudo começa com um passo já muito desafiador: ter boas ideias para escrever.

A boa notícia é que não é preciso esperar a musa aparecer para começar a escrever um livro. Existem várias maneiras de estimular sua criatividade e se inspirar. Se estiver disposto a testar por si mesmo, confira nossas 11 dicas para ter boas ideias:

1. Pratique a “tempestade de ideias”

Vinda da expressão em inglês “brainstorming”, a tempestade de ideias é um método que abre mão de formalismos e sistemas definidos para deixá-las fluírem livremente. Afinal, querer colocar no papel a história do livro já pronta e organizada é um tremendo assassinato de criatividade.

Experimente, pelo menos uma vez, se concentrar no assunto sobre o qual você quer escrever e sair anotando tudo o que vier à cabeça. Depois, monte um mapa mental com tudo o que você pôs no papel, organizando as ideias por correlação. Vai ficar muito mais fácil de desenvolver sua criatividade!

2. Mantenha um caderno de bolso

Nada mais frustrante do que ter uma ideia excelente para uma história no meio da rua e, quando chegar em casa, não conseguir se lembrar dela. Por isso, é importante sempre ter um caderno ao alcance das mãos. A melhor parte é que esse hábito de tomar notas vicia com facilidade. Uma vez que isso aconteça, você terá uma nova e poderosa ferramenta de criatividade e consulta.

3. Pratique regularmente uma atividade física

Uma parte considerável de nossas boas ideias acontecem durante atividades completamente desconectadas da escrita e do trabalho — pense nas inspirações que você já teve no chuveiro, por exemplo.

Só que você não precisa ficar esperando ideias caírem do céu. A adrenalina, o bem-estar e a concentração no exercício são extremamente favoráveis para a criatividade. Além de tudo, as atividades físicas ainda melhoram sua saúde!

4. Não faça absolutamente nada

Bom, quase nada. O objetivo é deixar sua mente relaxar e seus pensamentos viajaram para assuntos que não sejam relacionados à escrita. Ouvir música pode ajudar muito na hora de quebrar sua rotina e parar tudo para devanear.

Um efeito colateral possível é começar a rir sozinho de ideias absurdas, mas isso seria um ótimo sinal! Nesse ponto, você conseguiu relaxar e está tendo novas inspirações.

5. Pratique a observação e a escuta empática

Comece observando a si mesmo. A maioria das pessoas escuta já se preparando para responder ou retrucar. Em vez disso, experimente ouvir seu interlocutor sem interrompê-lo nem uma vez.

Se você já escuta empaticamente, pode passar para o próximo passo: ir para algum lugar lotado e ouvir tudo em sua volta. Como já estará habituado a ouvir serenamente, seu cérebro não vai atrapalhar o que você ouve com julgamentos e críticas.

Observar as pessoas à sua volta com a mesma serenidade com que escuta pode ser uma mina de ouro para ter novas ideias para escrever um livro, especialmente para a criação de personagens.

6. Leia muito e assista filmes e séries

A escrita só se efetiva, de fato, quando o autor lê muito. E aqui não vale só a leitura de livros intelectuais ou uma literatura muito complexa. Reportagens em jornais e revistas, aquele informativo de empresa, notícias publicadas em portais e várias outras categorias de leitura podem ajudar você a ter uma visão mais ampla de mundo.

Assistir a filmes e séries com assuntos similares ao que você deseja abordar em sua obra pode trazer lampejos interessantes para sua mente. Não se trata de copiar ideias de outras mídias, mas sim de buscar inspiração em fontes diversas.

7. Pesquise sobre o assunto que será abordado

Vamos supor, por exemplo, que você está escrevendo um romance que se passa no período de colonização do estado do Rio Grande do Sul. Nesse caso, você não pode deixar de ler O tempo e o vento, de Érico Veríssimo, que se passa em um cenário similar.

Outros autores gaúchos que escrevem literatura regionalista sobre o estado, como Simões Lopes Neto e Darcy Azambuja também podem ser fontes de consulta interessantes para a sua pesquisa.

O mesmo vale para qualquer outro assunto, época ou abordagem que você desenvolverá. O objetivo é consultar outras obras e mídias, para ter sólidos conhecimentos sobre o assunto.

8. Tenha a mente aberta

A mente de um escritor precisa estar sempre aberta para descobertas. Nunca desperdice uma ideia, por mais que ela pareça absurda em um primeiro momento.

Antes de descartar qualquer ideia, coloque-a no papel e veja como soa. Somente depois de um tempo, analise se vale a pena dar sequência a ela ou não.

9. Olhe imagens relacionadas

Assim como você deve assistir a filmes e séries e ler outras obras que tenham ligação com a sua, também pode observar imagens relacionadas. Na internet, há um portal inovador com imagens sobre qualquer tema.

Perdão se você esperava algo diferente, mas sim, o Google Imagens ajuda bastante nessa busca por novos insights. Ainda citando o exemplo de uma obra regionalista sobre o Rio Grande do Sul, você pode observar fotos dos pampas gaúchos, pinturas de artistas locais etc. Assim, você despertará boas ideias para escrever sobre a paisagem do cenário e as histórias que se passam na narrativa.

10. Converse com pessoas diferentes

Outra dica interessante para ter boas ideias para escrever um livro é estar sempre em contato com pessoas diferentes. Mas não vale ficar apenas no seu círculo familiar e de amigos.

Os seus leitores poderão ser qualquer pessoa, então puxe assunto com quem estiver na sua frente na fila da padaria, com a vendedora da farmácia etc. Com diferentes pontos de vista, você pode ter mais argumentos para desenrolar as situações em seu livro.

11. Saia da rotina para ter vivências enriquecedoras

Existem escritores que gostam de se isolar em um sítio ou chácara para terem liberdade para pensar em meio à natureza. Outros preferem ir até um café e ficar lá por horas esperando as ideias para escrever.

Não existe uma “receita de bolo” para isso. Você deve pensar em diferentes meios de sair da rotina para que possa viver experiências inusitadas e enriquecedoras. Assim, você vai deixar o seu repertório transbordando de ideias para escrever.

Com as sugestões descritas aqui, você terá uma nova perspectiva sobre como se inspirar e ter boas ideias para escrever um livro. Também não se esqueça de estudar teoria literária, pois assim você terá embasamento para escrever um livro de sucesso.

E para que você saiba como colocar as suas ideias de escrita no papel de uma vez por todas, recomendamos que baixe o nosso e-book “O guia definitivo para escrever um livro de sucesso”. Ele tem muitas dicas úteis para você!

2
Mockup-Horizontal (42)
Mockup Horizontal (51)
Postagens relacionadas
4-erros-que-devem-ser-evitados-ao-publicar-um-livro.jpeg
9 erros que devem ser evitados ao publicar um livro
voce-sabe-como-escrever-uma-novela.jpeg
Você sabe como escrever uma novela?
60777-x-melhores-maneiras-de-se-concentrar-enquanto-escreve
6 melhores maneiras de se concentrar enquanto escreve
conheca-5-bons-aplicativos-para-ler-livros-no-tablet-ou-celular.jpeg
Conheça 5 bons aplicativos para ler livros no tablet ou celular
Depositphotos_85881532_m-2015.jpg.jpeg
3 dicas para escrever um livro de romance