4-razoes-para-voce-evitar-a-autopublicacao-de-livros.jpeg

4 razões para você evitar a autopublicação de livros

Ser escritor realmente não é para os fracos! Depois de criar e desenvolver a melhor versão da sua história, chega o momento de torná-la pública. Nessa hora, muitos autores iniciantes acabam optando pela autopublicação de livros — isto é, quando a obra é lançada pelo próprio autor.

De fato, é possível fazer o lançamento sozinho, usando plataformas online, ou, até mesmo, de modo mais tradicional, imprimindo exemplares em uma gráfica. Porém, mesmo que à primeira vista possa parecer uma ideia simples e sedutora, é preciso tomar cuidado quando se escolhe publicar sozinho.

Afinal, publicar um livro é uma longa jornada que requer muito trabalho, conhecimentos específicos (como diagramação, design, estratégias de marketing etc.), e bastante tempo disponível para se dedicar a todas essas atividades.

Neste post, para ajudá-lo a escolher o melhor caminho na sua carreira como autor, apresentamos 4 razões para você evitar a autopublicação de livros. Confira!

1. Falta de apoio técnico

Além de demandar muito do seu tempo, ao optar por publicar sozinho, você corre o risco de expor publicamente seus erros — até mesmo os de escrita, já que seu livro não passará por um revisor. Isso pode acabar prejudicando a sua reputação.

Por isso, contar com a ajuda de uma editora garante dicas valiosas do que pode ou não ser feito, abre caminhos na distribuição e divulga sua obra de uma forma mais profissional, focada em resultados, pois há toda uma equipe especializada trabalhando pelo seu sucesso.

2. Perigo de plágio

Ser um autor independente não é apenas fazer o upload do seu livro na internet e aguardar de braços cruzados os leitores aparecerem. Ao disponibilizar sua obra online, em formato de e-book, por exemplo, você sempre estará sujeito a um grande risco de plágio. Fique esperto, pois casos assim não são raros e, além de prejuízo financeiro, podem trazer muita dor de cabeça.

3. Registro da obra

Optar pela autopublicação de livros não significa abrir mão das responsabilidades e burocracias que exigem o registro de uma obra. Essa é a única maneira oficial de comprovar que o trabalho é realmente seu, caso ele seja plagiado.

Já imaginou perder seu livro para alguém mal intencionado que o encontrou na internet e o registrou como se fosse de autoria dele? Parece história de pesadelo, mas se você não tomar os cuidados necessários, pode virar realidade.

4. Baixo lucro

Você pode ter feito uma pesquisa na internet e encontrado algumas notícias sobre como a autopublicação de livros tem aumentado nos últimos anos, mas não se engane!

A demanda pode ter aumentado sim, mas é fato também que o lucro dos autores não caminha na mesma proporção. Ao optar por ser escritor independente, o baixo retorno está diretamente relacionado à pouca visibilidade que a modalidade traz.

Isso ocorre porque, entre outros aspectos, é muito difícil que você encontre leitores de forma voluntária. Já quando se tem o apoio de uma editora, a visibilidade é muito maior; consequentemente, as chances de conquistar mais leitores também.

Viu como apostar na autopublicação de livros pode não ser a melhor opção? Aproveite que está por aqui e confira também diferentes maneiras de publicar sua obra. Com certeza uma delas será perfeita para você!

2
Mockup-Horizontal (42)
Mockup Horizontal (51)
Postagens relacionadas
entenda-a-importancia-do-dia-do-escritor.jpeg
Entenda a importância do dia do escritor
4-dicas-para-escrever-um-livro-de-fantasia-para-criancas.jpeg
4 dicas para escrever um livro de fantasia para crianças
tire-5-principais-duvidas-sobre-o-copidesque.jpeg
Tire 5 principais dúvidas sobre o copidesque
afinal-como-funciona-a-tiragem-de-livros-nos-explicamos.jpeg
Afinal, como funciona a tiragem de livros? Nós explicamos!
What exactly are Values of the Two-Year College.