5 mitos e verdades sobre o hábito de leitura no Brasil

A leitura é uma atividade importante e deve estar presente em nossa rotina. Entre os inúmeros benefícios que ela traz, há o aprimoramento do vocabulário e a dinamização do raciocínio e da interpretação, além de ser uma porta de entrada para a aquisição de conhecimento e informação.

No entanto, não é difícil vermos nos noticiários como esse hábito tem sido comprometido nos últimos anos, e como as pessoas estão trocando os livros por outras formas de entretenimento e obtenção de saberes.

E como será que o Brasil se encaixa nesse cenário? Como anda o hábito de leitura do brasileiro? No post de hoje, iremos discutir mitos e verdades sobre o costume de leitura no Brasil. Fique com a gente e confira!

O brasileiro não possui hábito de leitura

Verdade. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Pró-Livro (IPL), a leitura é um hábito de 56% dos brasileiros. Em média, os entrevistados disseram ler 2,54 livros nos três meses anteriores à realização da pesquisa.

Quando comparado ao restante do mundo, segundo dados da agência Nop World, o Brasil está na 28ª colocação dos países em que mais se lê. Países como Venezuela, Argentina e México despontam à frente do Brasil, enquanto Índia e China lideram o ranking.

O brasileiro prefere os romances

Mito. Mais uma vez recorrendo aos dados da pesquisa realizada pelo IPL, o livro mais lido pelo brasileiro é a Bíblia e outros livros de teor religioso, os quais abrangem 42% dos leitores brasileiros.

Somente em segundo lugar vêm os contos e romances, com 22% de preferência do público entrevistado. Os livros didáticos ficaram em terceiro lugar, atingindo 16% da população, enquanto 15% dizem ter os livros infantis como sendo habituais.

O brasileiro não lê por falta de tempo

Verdade. Segundo os dados da pesquisa, 43% da população não lê por falta de tempo, enquanto 77% da população diz querer ter lido mais caso tivesse tempo e disposição para isso.

Entretanto, essa não é a única razão que impossibilita o brasileiro de se aproximar dos livros. Há uma significativa parcela da população que diz realmente não gostar de ler: entre os que não têm hábito de leitura, 28% dizem simplesmente não gostar de ler, enquanto 13% alegaram que não têm paciência para fazê-lo.

Ademais, entre os entrevistados que possuem dificuldades para ler, as razões mais frequentes são: falta de paciência (24%), leitura feita muito devagar (20%) e problemas de visão (17%).

O brasileiro não lê autores brasileiros

Mito. De acordo com uma pesquisa realizada pela Nielsen, entre os dez livros mais vendidos no Brasil em 2015, há a presença de seis autores brasileiros, os quais são: Marcelo Rossi (Philia), Edyr Macedo (Nada a Perder 3), Kéfera (Muito Mais Que Cinco Minutos), Augusto Cury (Ansiedade), Isabela Freitas (Não Se Apega) e Christian Figueiredo (Eu Fico Loko).

Desse modo, fica claro que há uma forte presença de autores brasileiros entre os mais lidos no Brasil.

O grau de leitura tem relação com o nível de escolaridade da população

Verdade. De volta à pesquisa do IPL, em 2011, o índice de leitores no Brasil era de 50% — 6% inferior quando comparado ao índice de 2016. 

Uma das principais motivações apontadas para o aumento das pessoas que se declaram leitoras é o índice de escolaridade. Nos últimos cinco anos, o país vem aumentando os níveis de escolaridade média da população, diminuindo as taxas de analfabetismo e aumentando o número de pessoas que concluem o Ensino Médio e Superior.

Dessa forma, frente a todos esses dados, fica claro que o Brasil tem aumentado o hábito de leitura de sua população. No entanto, é evidente que muitas melhorias precisam ser feitas e ainda há muito chão para o país ser considerado, de fato, um país leitor.

Frente a isso, é essencial entender o perfil de leitura do brasileiro e compreender quais são os novos hábitos de leitura, a fim de focar na criação de livros que se adequem à demanda do público.

E então, gostou do conteúdo? Que tal ler também o nosso post sobre as comunidades de escritores que você não pode ficar de fora

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Postagens relacionadas
Confira o novo programa da Rádio Autografia, com Elika Takimoto e o “Beleza Suburbana”
LER Carioca agora na Biblioteca Parque
Confira o programa da Rádio Autografia, com Olímpio, Daniel Mata e o “Sob a Luz de Antares”
Resultado da promoção
Assédio no ambiente de trabalho vira tema de livro