5-motivos-para-publicar-um-livro.jpeg

5 motivos para publicar um livro

A ideia de publicar um livro não é incomum. Muita gente pensa nisso ao longo da vida. Há quem encare até como um sonho remoto ou ato de coragem. Outras pessoas  já consideram que é muita exposição, pois escrever e publicar pode significar estar sob o olhar de várias pessoas, desconhecidas na maioria.

É, ao mesmo tempo, o desejo e o terror de muita gente. Mas por que não realizar essa vontade? Que mal há em atender a um desejo próprio e se lançar em uma carreira a qual é almejada? 

Precisa de motivos? Então, a seguir iremos dar cinco deles para você topar esse desafio e buscar seu espaço na literatura. 

Você tem o que dizer

Você tem o que dizer, possui um bom enredo, consegue articulá-lo de maneira criativa. Ou seja, tem potencial. E esse pode ser considerado o motivo principal para que um livro mereça existir. 

Uma obra precisa ser baseada em uma boa história, contada de um modo interessante. É em busca disso que editores e mesmo escritores sempre estão. 

Você tem os meios para publicar

Sim, você tem. Houve um tempo em que publicar um livro era algo inacessível para a maioria das pessoas. As editoras eram lugares distantes, fora do alcance de nossas vontades e possibilidades.

Hoje, tudo mudou. As tecnologias digitais facilitaram muita coisa e é possível negociar a publicação com bastante facilidade — sem pesar demais no bolso — além de incluir ações de divulgação e lançamento. Está tudo à mão. Que tal dar esse passo?

Você há de encontrar seus leitores

É possível que você encontre seu público, desde que seu livro tenha ido ao encontro das pessoas — escrito e publicado. Enquanto estiver na gaveta, nada acontecerá. 

Será que existe mesmo escritor que não quer ser lido? Provavelmente, não. Mesmo que seja tímido ou recluso, ainda que não apareça constantemente em festas e festivais literários, a verdade é que é importante pensar que todo escritor escreve para os leitores.

Você confia no próprio trabalho

Parte do que acontece a um escritor depende de autoconfiança. Além de conseguir escrever e rever várias vezes a próprio produção, precisa abrir-se ao mundo, aos leitores e à vida.

Caso você ache que não é bom, que o trabalho ainda é ruim, ninguém se convencerá e você próprio não conseguirá se aperfeiçoar constantemente. É preciso acreditar. Como alguns poetas, por exemplo, que vendem suas imagens de modo interessante: enviam originais a editoras dizendo que “acreditam em si mesmos e em seus poemas”, o que já é meio caminho andado para que um profissional da edição decida por ler aquilo. “Por que será que este cara se acha tão importante?”

Você precisa se lançar para ver o resultado

Ninguém sabe de antemão se terá sucesso, se ficará esquecido, se sentirá orgulho ou arrependimento. Há autores que renegam suas obras; outros as fazem crescer e ganhar o planeta. Só há um modo de saber: tentando. 

Pensou bem? Depois de fazer sua parte, o resto virá com as respostas dos leitores e da sua própria vontade de continuar. Que tal dar a partida no que é preciso para publicar um livro?

Para lhe ajudar nisso e também na sua escrita de fato, aproveite e veja agora dicas de como escrever melhor.

Postagens relacionadas
publicacao-de-livros-5-passos-para-publicar-seu-tcc.jpeg
Publicação de livros: 5 passos para publicar seu TCC