7 comunidades de escritores que você não pode ficar de fora

Escrever é uma atividade que depende de feedback. Não basta produzir os textos. É preciso reescrever, repensar, revisar. A ideia de que o texto é mais trabalho do que inspiração é conhecida entre aqueles que lidam profissionalmente com as palavras. Tanto durante o processo da escrita quanto depois de uma obra publicada, os retornos são sempre importantes para o autor. Ou deveriam ser. E tanto é assim que várias comunidades se formaram com a finalidade de promover a troca de textos, o compartilhamento de ideias, produções, sugestões e mesmo para a escrita colaborativa. Essas comunidades de escritores – profissionais ou não – estão por todo lado, mas principalmente na internet, em redes sociais e por meio de aplicativos. Algumas delas são grupos fechados, sendo preciso conhecer alguém para acessar. Outras são grupos abertos, públicos, bastando um clique para chegar. Que tal juntar-se a alguma delas?

2 mil toques

2 mil toques é uma comunidade com página no Facebook e no Tumblr. Lá, é possível acompanhar escritores falando de suas rotinas, modos de trabalho e mesmo das agruras e alegrias da profissão. Muito interessante para o escritor ou a escritora terem como se balizar no processo de escrita e no funcionamento da carreira.

Partilha da escrita

Trata-se de um grupo fechado no Facebook, mas é bem fácil pedir acesso a ele. Escritores – muitos deles profissionais – trocam ideias e divulgam trabalhos e eventos por ali. A tônica deste grupo é a discussão sobre aspectos da escrita, especialmente a literária.

Letra viva – Literatura de confronto

É um grupo público no Facebook que discute, ferrenhamente, aspectos da vida literária no Brasil. Talvez seja uma das comunidades mais combativas. Ali, escritores, também muitos deles profissionais renomados, discutem aspectos positivos e negativos do campo da produção literária.

LiteraturaBr

O LiteraturaBr é um site que reúne informações sobre escrita, leitura, escritores, além de divulgar eventos, serviços e livros. Mantém uma página no Facebook onde é possível participar com outros autores. 

Scribe

A Scribe é uma plataforma de leitura e escrita. Por lá, é possível escrever, publicar e acompanhar estatísticas e retornos. É diferente de um grupo de discussão ou de divulgação apenas. Pode ser bem útil para quem deseja testar a escrita em ambiente digital. 

Skoob

Talvez esta seja a comunidade – rede social – mais conhecida entre os amantes de livros e leitura. Esta rede serve para a divulgação, troca e comentário de livros lidos. Funciona bastante bem para quem quer conhecer e comentar a produção literária. 

Wattpad

É um aplicativo muito conhecido pelos amantes da leitura. É uma das maiores comunidades de troca de textos e livros que existem. É possível postar a produção e trocá-la com outros participantes. Feedback garantido. 

Não vai ser por falta de espaços de discussão que um escritor deixará de publicar ou de escrever textos melhores. A troca de ideias e de sugestões é fundamental para esse ofício. As comunidades de profissionais – e amadores – estão espalhadas por aí. É só entrar e participar.

Que tal nos ajudar com mais grupos e redes de autores? Comente nosso post. Esperamos suas sugestões. 

 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Postagens relacionadas
Como escrever bons diálogos: veja 4 dicas
5 dicas de aplicativos incríveis para escritores
Estilo literário: 3 dicas para descobrir qual combina mais com você
Escritores iniciantes: 5 dicas para não errar em sua primeira obra
5 elementos fundamentais para escrever um livro de suspense