Advogado lança obra sobre os impactos da COVID-19

O autor Alexandre Gossn, advogado apaixonado pela arte de contar histórias lança a obra “Chapados de Cloroquina”. No livro, Alexandre reflete sobre a COVID-19 e os impactos que a pandemia nos trouxe.

Em entrevista ao Blog Autografia, Alexandre conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “Artisticamente, sofri duas influências enormes na família: minha avó e tio paternos. Meu tio era um cartunista de mão cheia e em geral, desenhava primorosamente, além de dotado de um senso de humor incrível. Minha avó era uma excelente pintora e era uma ótima leitora. Quando tinha 13 ou 14 anos, ganhei dela como presente de aniversário O Tempo e o Vento de Érico Veríssimo. Nunca mais parei de ler”.

Em “Chapados de Cloroquina”, Alexandre analisa a pandemia a partir de 3 pontos, a constatação, o estupor e a esperança. Na constatação, fala sobre o susto com a falta de empatia da sociedade pelos mais fracos, doentes, idosos e pobres. No estupor, apresenta com evidências, provas e boas fontes de dados uma mensuração do colapso na saúde e aponta as prováveis causas do que considera ser apenas a ponta do iceberg. No último tópico, esperança, recorda que o ser humano é dotado de dois instintos, competição e cooperação, onde reafirma sua esperança de que que possamos resgatar a humanidade desta crise anêmica de empatia.

A inspiração para escrever o livro veio de assistir em dezembro e janeiro as festas com centenas, às vezes milhares de pessoas se aglomerando enquanto a segunda onda da pandemia matava quase 5000 pessoas por dia.

 “Pensei naquele momento: o que afinal morreu no ser humano que ele não se sensibiliza com isso? Por que não estamos nos indignando com essa situação, especialmente porque poderíamos estar vacinando a população desde no mínimo, dezembro de 2020.”, relata o autor.

Para Alexandre, publicar o livro traz, acima de tudo, a sensação de dever cumprido: “Sinto que cumpri uma espécie de promessa. Como se a caneta tivesse me pedido para escrever a obra. Minha expectativa é que as pessoas reflitam sobre a necessidade de fomentarmos a empatia, inclusive, a tornando parte do currículo escolar. Não podemos admitir que dentro de 20 a 30 anos, as pessoas reproduzam o mesmo vil e vulgar comportamento da nossa sociedade nesta pandemia ” finaliza. O livro “Chapados de Cloroquina” está à venda em nossa loja online, adquira o seu exemplar clicando aqui.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Postagens relacionadas
Palavreiras 2019 – Seu conto ou poesia na Flip, Bienal e Ler Carioca
História sobre a cachorrinha Sunny vira livro infantil ilustrado
Lançamentos da Semana
Mestrando em filosofia lança romance gay passado no interior de Minas Gerais
Pediatra lança obra para auxiliar famílias sobre o desenvolvimento infantil