banner-feminicidio

Advogado Marcelo Sabino lança obra sobre crimes de feminicídio

No Brasil atualmente, mais mulheres são assassinadas do que soldados em alguns cenários de guerras pelo resto do mundo. Muitas vezes, os criminosos são justamente as pessoas nas quais elas mais deveriam confiar: seus maridos, namorados e homens com quem se relacionam. Tocado por essa situação, o advogado Marcelo Sabino traz o livro “Feminicídio: uma tragédia brasileira”.

Logo no início de sua carreira no Direito, o autor trabalhou como Assistente de Acusação em um caso no qual uma mulher foi assassinada pelo seu ex marido. Foi a partir desse julgamento que ele se envolveu com a causa, como conta em entrevista à Autografia: “vi a dificuldade do Ministério Público em aplicar a devida pena. Aquele primeiro processo realmente me sensibilizou, e a partir daí passei a reunir dados estatísticos sobre crimes passionais”, compartilha. 

Marcelo conta que os números de homicídios de mulheres, praticados por homens com os quais tiveram envolvimento amoroso, só aumentaram ao longo do tempo e, por isso, resolveu escrever a obra: “no final do século XIX e início do século XX esses assassinatos de mulheres já ocorriam com frequência. E de lá pra cá os índices só aumentaram, apesar das inúmeras alterações legislativas que relatamos no livro, essas ainda se demonstram insuficientes para coibir crimes semelhantes”, conta ele.

A inspiração para produzir “Feminicídio: uma tragédia brasileira” veio justamente da necessidade de expor tais casos, que, muitas vezes, se iniciam em situações menores, como violações à liberdade da mulher no relacionamento: “nem todo casal com histórico de agressões pode chegar a um homicídio. Mas todo homicídio teve, antes, um período maior ou menor de agressões físicas, morais e psicológicas”, explica o autor. 

As pesquisas de Marcelo para produzir a obra foram feitas em várias mídias, como jornais, revistas, telejornais e internet, além de reunir informações dos  julgamentos de homicídios com vítimas mulheres, focados em crimes passionais. O autor conta que não foi fácil: “confesso que foi um trabalho angustiante. Várias vezes imaginei que estava concluindo o livro, quando um novo feminicídio ocorria. E reabria a pesquisa e o levantamento de dados”.

A intenção do autor com “Feminicídio: uma tragédia brasileira” é alertar as pessoas dos possíveis perigos em relações amorosas desequilibradas: “[ajudar] é o que me deixaria feliz. Era hora das pessoas enxergarem que o amor entre duas pessoas não passa pela dominação de um sobre o outro. E chamo a atenção dos leitores: a linha que separa a tragédia da felicidade é tênue e invisível. E se a cruzarmos, normalmente percorremos um caminho sem volta”, finaliza Marcelo.

A obra “Feminicídio: uma tragédia brasileira” está à venda em nossa loja online. Adquira seu exemplar pelo link: http://www.autografia.com.br/loja/feminicidio-%E2%80%93-uma-tragedia-brasileira/detalhes.

2
Mockup-Horizontal (42)
Mockup Horizontal (51)
Postagens relacionadas
banner-unicornio
Professor lança releituras de lendas e folclore brasileiro em livro ilustrado
banner_02
José Leonídio lança 1ª obra da pentalogia “A Casa dos Deuses”, sobre a memória dos Tupinambás
banner-val
Cidade misteriosa e extraordinária é cenário de nova ficção
banner-lentesavulsas
Jornalista lança ficção policial sobre chacina em pequena cidade mineira
laptop_in_classic_library
Conheça os blogs parceiros da Autografia