Economista lança obra que questiona e analisa a saúde suplementar

O economista e especialista em gestão de serviços Adriano Londres lança “A culpa é do dono: custos de planos de saúde empresariais”, obra que reúne reflexões, questionamentos, provocações, propostas e informações acerca da atuação dos públicos que compõem a saúde suplementar. Adriano, que já presidiu o Sindicato de Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde do município do RJ, traz artigos que abordam temas como o futuro das relações, inércia e despertar das empresas contratantes de planos de saúde, entre outros.

Em entrevista ao Blog Autografia, Adriano conta mais sobre sua trajetória: “Sempre procurei estar inteiro em minhas funções, agindo com humildade e ética. Sempre entendi que faço parte de algo maior, seja a minha família, o meu ciclo de amigos, a empresa onde trabalho e o sistema onde atuo. Com o passar do tempo, vamos aprendendo que a vida pode ser simples e leve”.

“A obra ‘A culpa é do dono: custos de planos de saúde empresariais’ traz artigos já publicados, e todos, em maior ou menor grau, foram comentados no Linkedin. Percebo, pelos comentários recebidos, que sou visto como alguém que procura ter uma visão sistêmica do setor, um olhar isento e que procura ser equilibrado. Isto está traduzido nos comentários que recebo e é o combustível para que eu continue compartilhando o que penso. Há muito a fazer na área da saúde para torná-la mais eficiente. Somos todos vítimas e culpados”, conta o autor.

Adriano participou da Câmara de Saúde Suplementar da ANS representando a Confederação Nacional de Comércio, foi fundador e vice-presidente da Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), foi diretor de Negócios Empresariais da Qualicorp, Superintendente Comercial do Hospital do Coração (SP) e é fundador e sócio da consultoria estratégia em gestão de planos de saúde “Arquitetos da Saúde”. O autor traz textos relacionados a contratantes de planos de saúde, os papéis e relações dos diversos elos da cadeia, regulação, comunicação, comportamentos  e políticas na/da saúde, além de dois textos de cunho pessoal: “Com poucas exceções, os artigos foram todos escritos apenas por mim, mas sempre contei com apoio de pessoas próximas a quem sempre encaminhava os mesmos antes de publicá-los”, completa.

Segundo o autor, os textos de “A culpa é do dono: custos de planos de saúde empresariais” são como “artigos de rua”, pois partem de sua vivência profissional nos últimos 30 anos na área, a partir da atuação em diversos elos da cadeia de saúde suplementar: “Em especial, dediquei muitos anos da minha vida profissional ao trabalho em hospitais e corretoras de seguros, mas também tive passagens de representação de classe que me foram muito valiosas”, compartilha.

Para Adriano, publicar o livro tem um aspecto simbólico: “Não sei bem explicar, mas a sensação é muito boa. Não tenho grandes expectativas com a publicação, a não ser de fazer com que estas ideias, já avalizadas por alguns, cheguem a um número maior de pessoas, contribuindo para reflexões sobre os desafios e, idealmente, ações também. Espero que o público goste de ler tanto quanto eu gostei de escrever estes artigos que, aliás, não precisam ser lidos na ordem que se apresentam”, finaliza. O livro “A culpa é do dono: custos de planos de saúde empresariais” está à venda em nossa loja online, adquira o seu exemplar clicando aqui

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Postagens relacionadas
Conheça o livro “Vertigens de Junho”, de Alexandre Mendes
Autora lança obra sobre superação de violência doméstica na infância
Pelas mãos de professora, a arte da organização vira livro
Lançamentos da Semana
Sérgio Barretto lança ficção científica passada em outro planeta