entenda-a-importancia-do-dia-do-escritor.jpeg

Entenda a importância do dia do escritor

O dia 12 de outubro é o Dia Nacional da Leitura. O Dia Mundial do Livro é 23 de abril. Em 18 de abril, é a vez de comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil. Esses, sem dúvida, são momentos importantes para a literatura nacional, com foco em reflexões e investimentos para a valorização dessa atividade tão importante para o crescimento de um país.

No entanto, o dia mais importante, nesse âmbito, talvez seja o 25 de julho. No Brasil, comemora-se nessa data o Dia do Escritor! A relevância com que esse sujeito social impacta a cultura precisa ser marcada, para que não sejam esquecidas suas contribuições.

Você sabe como surgiu a comemoração dessa data e por que ela é tão importante para a literatura brasileira? Continue lendo nosso post para entender um pouco mais sobre o assunto e, ainda, conhecer alguns dos grandes escritores do nosso país e se inspirar para escrever. Acompanhe!

Como surgiu o Dia Nacional do Escritor?

Jorge Amado, grande mestre da literatura baiana, foi um dos idealizadores dessa comemoração, junto a João Peregrino Júnior. Em 1960, ambos integravam a presidência da União Brasileira de escritores e criaram o Festival do Escritor Brasileiro.

A data foi oficializada pelo Ministro da Educação à época, Pedro Paulo Penido, por meio de uma portaria publicada dois dias antes. A partir de então, o dia 25 de julho é destinado a enaltecer aqueles que dedicam seu tempo, parcial ou integralmente, às Letras.

Quais são os escritores mais influentes da literatura brasileira?

Profissionalmente ou não, quem gosta de escrever e cultiva esse dom é responsável por proporcionar experiências instigantes aos leitores e fazê-los conhecer culturas diferentes. Vejamos alguns dos mais importantes escritores brasileiros de épocas e estilos diferentes que, se você ainda não conhece, vale muito a pena ler para se inspirar!

Machado de Assis

Um dos mais importantes autores da literatura brasileira e mundial, Machado foi imortalizado com obras como Helena, Memória póstumas de Brás Cubas e Dom Casmurro. Pela sua escrita irônica, constantemente dialogando com o leitor, o Bruxo do Cosme Velho inspira leitores desde o século XIX e pode ser um exemplo se você quer escrever um romance denso e crítico.

Erico Verissimo

O tempo e o vento é a maior obra da literatura brasileira. A obra é composta por três volumes e inclui histórias de personagens famosos, como Ana Terra e Capitão Rodrigo. Ambientada no sul do Brasil, a narrativa percorre a nossa história da época das guerras com os castelhanos pela definição do território até o governo Getúlio Vargas, passando por grandes momentos.

Com maestria, Erico dedicou-se à literatura intensamente e escreveu, além da trilogia citada, Olhai os lírios do campo, Solo de clarineta e Clarissa.

Clarice Lispector

Clarice pode ser considerada a grande musa das nossas letras. Escreveu obras marcantes, inaugurando o romance psicológico, como Perto do coração selvagem e A paixão segundo G.H. São dela as palavras:

O escritor não é um ser passivo que se limita a recolher dados da realidade, mas deve estar no mundo como presença ativa, em comunicação com o que o cerca.

Nascida na Ucrânia, a escritora e jornalista naturalizada brasileira ambientou seus livros em Recife, principalmente. Além dos romances, é consagrada pelos seus contos: Laços de família, Felicidade clandestina e Feliz aniversário, que são referências imperdíveis.

Em homenagem ao Dia do Escritor, compartilhe este artigo em suas redes sociais para que seus amigos possam também se inspirar a ler esses grandes nomes da literatura nacional e, quem sabe, a escrever!

2
Mockup-Horizontal (42)
Mockup Horizontal (51)
Postagens relacionadas
Como escolher um bom título para o seu livro
What exactly are Values of the Two-Year College.
4-dicas-para-escrever-um-livro-de-fantasia-para-criancas.jpeg
4 dicas para escrever um livro de fantasia para crianças
5-segredos-do-design-de-capas-de-livros.jpeg
5 segredos do design de capas de livros
feira-de-livros-saiba-quais-sao-as-principais-para-2018.jpeg
Feira de livros: saiba quais são as principais para 2018