Historiador lança autobiografia sobre sua militância política e exílio

O autor Djalma Ferreira, nascido no Rio de Janeiro, lança a obra “A Vida e Três Prisões”. O livro conta sua jornada na militância política desde 1971, quando foi preso pela primeira vez e se refugiou no Chile. Em 1973, com o golpe militar contra Salvador Allende, refugiou-se na França, e retornou ao Brasil em 1979, com a Anistia. A autobiografia resgata as memórias do exílio, vida familiar e profissional, abordando sua realidade e seus sonhos.

Em entrevista ao Blog Autografia, Djalma, formado em História e especializado em Demografia na Sorbonne Université, conta mais sobre sua trajetória e o tema da obra: “Fui de uma infância feliz e rica para uma adolescência bastante rebelde. A partir daí, como a grande maioria dos funcionários públicos brasileiros, tive uma vida profissional de muito sacrifício e uma aposentadoria de muita dificuldade. Dessa forma, resumo minha trajetória de vida descrita no livro. Setenta anos de vida retratados em algumas poucas páginas”.

“O livro se divide em três partes. A primeira mostra a infância feliz e movimentada e parte da adolescência. Mostra os passos que me levaram à rebeldia, característica de minha geração. Em seguida, na segunda parte, descrevo os momentos angustiantes de cada uma de minhas três prisões e o que me levou ao exílio. E a terceira parte descreve toda a minha trajetória do exílio no Chile e na França, minha formação acadêmica e minha vida profissional até a aposentadoria e ao fatídico ano da pandemia”, completa ele.  

A inspiração para Djalma produzir a obra veio durante o período de isolamento devido ao Covid-19, quando reuniu seus escritos: “Eu já escrevia crônicas para alguns pequenos jornais locais e para um seleto círculo de amigos. Com a pandemia me veio o tempo e a ideia de juntar as histórias sobre alguns fatos interessantes de minha vida, alinhavá-los e acrescentar alguns documentos que comprovariam a veracidade dessas histórias. A Autografia me forneceu a oportunidade de transformar tudo isso em um livro. Fiz quase tudo sozinho. Li e reli dezenas de vezes cada página, cada parágrafo”, relata.

Para o autor, publicar o livro foi a concretização de um desafio: “Sempre me disseram, nas minhas conversas em bares e em outros ambientes, que minha vida daria um livro. Nunca concordei com isso porque, durante meu exílio, conheci personagens cujas trajetórias de vida eram bem mais interessantes e empolgantes que a minha. Mas com tempo disponível, resolvi aceitar o desafio. Cada um de nós tem uma história de vida, de luta, de sacrifícios, de renúncias, de escolhas, de amores e de trabalho. Tenho a mais absoluta convicção que cada uma dessas milhões de histórias é muito interessante para alguém”, finaliza. O livro “A Vida e Três Prisões” está à venda em nossa loja online, adquira o seu exemplar clicando aqui!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Postagens relacionadas
Lançamentos da Semana
Educador lança livro infantil ilustrado sobre o valor da amizade
Lançamentos da Semana
Trajetória de casal separado na pré-adolescência é tema de livro
Série de assassinatos misteriosos em pacata cidade é tema de livro de suspense