lancamentos

Lançamentos da Semana

Semanalmente, a Autografia lança novos títulos, que ficam disponíveis na loja da editora, entre outros canais de venda. Alguns desses lançamentos contam com eventos com a presença dos autores. Confira aqui as novidades desta semana e suas sinopses: 

Clarice Lispector e Franz Kafka em cena: não tomar seu santo nome em vãoClarice Lispector e Franz Kafka em cena: não tomar seu santo nome em vão – Lídia Maria Nazaré Alves

Estudo a tessitura e o tema de quatro textos: de Clarice Lispector: Amor e A menor mulher do mundo de “Laços de família” (1960) e “A paixão segundo G.H.” (1964); de Franz Kafka:Um relatório para uma academia de “Um médico rural” (1919). Demonstro três aspectos da linguagem: a violência do ato de nomear, por promover a construção da diferença; a linguagem organizada a partir da fixidez; e também da fluidez da forma”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Tecido poético – Domingos Sávio FO Tecido poético

“Este livro que está em suas mãos desvela as cores de minha poesia inacabada, temerosa, indolente, amorosa, cuja face oculta é um cenário de perplexidade, denúncia e comoção, tecido com lirismo, fantasia e realidade. Ranhuras bordadas de um poeta incomodado, um louco [in]sensato, inserido numa realidade inexorável, mas que acredita na força transformadora da arte poética. É um convite à leitura de todos os lirismos, dos nós em versos com arte e desvelo desmedido. Mas cuidado, leitor querido: há que tê-los em boa hora, pois que se esvaecem ao piscar dos olhos”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Valo fundoValo Fundo – Pedro Santos

“No mundo contemporâneo, há inúmeros paradoxos. Enquanto alguns detêm o monopólio do poder e até mesmo do saber, outros vivem de forma sub-humana, desprovidos de todos os recursos possíveis e imagináveis. Valo Fundo reflete esse drama. No sentido metafórico, é um caleidoscópio no qual pessoas mudam de lugar, transformam-se, convertem-se, matam e morrem. Porém, seus problemas se perpetuam tal como as palavras que pairam sobre a superfície da boca e não ecoam, caindo no vazio existencial”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Manual de sexologia forense e atendimento às mulheres, crianças e adolescentes vítimas de violência – Eveline Catão Manual de sexologia forense e atendimento às mulheres, crianças e adolescentes vítimas de violência

“O perfil das mulheres e crianças abusadas sexualmente aponta para a exclusão social desse grupo. A maioria é de afrodescendentes, de classes populares, com baixa escolaridade e habitam em espaços urbanos periféricos ou em municípios de baixo desenvolvimento socioeconômico. Além disso, o Brasil apresenta a quinta maior taxa de feminicídio — quando o homicídio é praticado contra a mulher, por razões da condição do sexo feminino — segundo a Organização Mundial da Saúde. Diante deste cenário e com a responsabilidade do Setor de Sexologia Forense do Instituto de Medicina Legal Antônio Persivo Cunha, a autora buscou reunir neste manual uma lei-tura rápida com consulta prática, discriminando procedimentos padrão e prestação de um melhor serviço à sociedade Pernambucana”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Os Tesouros da LuaOs Tesouros da Lua – Cristina Cabral 

“Emilly Russel sempre quis que sua vida pacata tivesse aventuras e emoção. Esse desejo começa a se realizar quando a garota tem sonhos malucos com pessoas que não conhece. Conforme o tempo passa, Emilly descobre que esses sonhos são premonições, ou até mesmo mensagens de importantes acontecimentos na vida dela.A aventura se torna ainda maior quando descobre sua verdadeira identidade”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Os Dovs: primeiro semestre – Philip Araujo Silberman e Ana Lúcia Alves Os Dovs: primeiro semestre

“O livro narra uma história fictícia, bastante cotidiana, mas emocionante: relações familiares e humanas se entremeiam em um período de transição no primeiro semestre de Dov na UFRJ, cursando engenharia. Com apenas 17 anos, e tendo que enfrentar todos os desafios esperados nesta nova fase de sua vida, surge uma viagem urgente de
sua mãe, deixando-o sob supervisão de seu avô, recém-chegado de Israel. Neto e avô dividem o mesmo nome, mas as semelhanças param por aí e as diferentes maneiras de encarar a vida dos dois gerará várias situações inusitadas ao longo do livro. De leitura rápida e divertida, o texto nos transporta para as confusões e aventuras dos jovens e suas descobertas. O leitor se envolve com os personagens, chegando a torcer por eles em seus conflito”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Clube de leitura Icaraí: modo de fazerClube de leitura Icaraí: modo de fazer – Evandro de Andrade (org.) e Eloisa Rodrigues (org.)

“Vinte anos de leituras. Incontáveis experiências literárias, pessoais e também profissionais. Sim, porque nosso clube de leitura é berço de escritores amadores e profissionais, que têm colhido excelentes resultados nos concursos literários em que participam, para além das transformações quase secretas, logo abaixo da superfície das sensibilidades. Nesta Antologia vai uma pequena amostra da efervescência criativa que a leitura continuada tem fomentado nos participantes do Clube”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

O quinto postulado – Creuza Berg O quinto postulado: mulher, mentalidade e censura nas páginas de O Pasquim

“O Quinto Postulado é uma viagem ao universo cultural incrivelmente rico das décadas de 60/70. O livro mostra que o humorismo foi a grande válvula de escape para a crítica ao regime e encontrou formas criativas para burlar a cesura da época. O Pasquim conseguiu reunir em suas páginas a vanguarda artística da época, que se chocava frontalmente com a rigidez dos governos militares. No entanto, havia um ponto incômodo, um ponto no qual ao discurso intelectual do jornal se mostrava tão retrógrado quanto o dos censores, e este ponto era a condição feminina. Então percebemos que todas as mudanças culturais, sociais, econômicas não alcançaram este tema, pois ele se construía em um tempo muito mais lento, a História das Mentalidades, e ainda continua a ser construído”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Só por hoje decido Só por hoje decido – Annye Freitas

“Neste pocket book, a Coach Criacional e mãe do Noah, Annye Freitas, modifica o ângulo das questões que nos assolam diariamente. Em vez de pensar o grande, o imenso, ambos estados de espírito que nos tornam pequenos e desprotegidos, ela propõe imaginar o acessível, o possível, o que está ao alcance de nossas mãos. No lugar de planejar sobre o infinito, por que não focar em algo mais cotidiano? Em vez de tomar decisões que são pesadas e nos arrastam com suas complicações, por que não ser mais simples e dizer: só por hoje decido?”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Marcas no Deserto – Renato Venancio Marcas no deserto

“Marcas no Deserto é um livro que conta a minha história real, onde relato cada fase vivida por mim, de medos, aventuras, brigas, descobertas, alegrias e tristezas. Onde revelo sonhos, conceitos, convicções e até mesmo algum talento para poesias e frases de impacto, mas tudo relacionado a uma motivação e vontade de viver cada dia como se fosse o último com muito amor, que sempre será o mais importante”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

A corte de PohemiaA corte de Pohemia – Rossini Barbosa Lima

“Neste canto de liberdade e encantamento, o poema sobrevive sobre o muro. Sob este palco estreito e luarento, a poesia se transfigura como parte de tudo que existe! O muro se transforma em uma passarela, na qual o poema se exibe em busca de si mesmo em sua surreal ventura. Com o movimento efêmero, mas de ternura e simplicidade, o poema alcança a sua desventura, porque por mais que tente, não alcança a si mesmo”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

Totem – Andre Luiz Leite da Silva Totem

“Este livro conta com quase cem crônicas das mais variadas, poéticas, humanas, religiosas, cômicas, históricas, enfim. Sou Escrivão de Polícia e, assim, meu trabalho é ouvir pessoas e colocar no papel suas queixas. Não tenho que tomar partido, apenas relatar o que ouço, é o meu trabalho. É a partir disso que escrevo, ou seja, tomo a termo minhas próprias declarações para que eu mesmo entenda o que aconteceu, e, assim, as transcrevo em crônicas, colocando uma pitada de humor”. Saiba mais sobre o livro e adquira seu exemplar clicando aqui.

CTA-2
2
Mockup-Horizontal (42)
Mockup Horizontal (51)
Postagens relacionadas
banner-port
Pesquisador lança guia para brasileiros que desejam morar em Portugal
podcast-autografia
Está no ar o programa com Moira Braga, autora do livro “Ventaneira”
lancamentos-770x248
Lançamentos da Semana
lancamentos-770x248
Lançamentos da Semana
banner_02
Brad Crowley lança na Bienal de São Paulo “Perseguição Frenética”, obra de romance policial