livros-de-terror-5-dicas-que-nao-podem-faltar-na-hora-de-escrever.jpeg

Livros de terror: 5 dicas que não podem faltar na hora de escrever

Escrever um bom livro de terror pode parecer uma tarefa simples à primeira vista, mas criar um enredo com personagens que realmente assombram os leitores é uma tarefa muito difícil.

Para ter sucesso nessa missão desafiadora, é preciso tomar certos cuidados especiais com esse estilo. Ser fã do gênero e já ter lido muitas obras do tipo é um ótimo primeiro passo para ganhar bagagem e conhecimento para começar a escrever sua própria história assustadora.

Pensando em facilitar o trabalho dos escritores que querem se aventurar no gênero, selecionamos 5 dicas para escrever livros de terror. Confira!

1. Conhecer os tipos de livros de terror

Genericamente falando, existem três tipos de terror. O primeiro é aquele mais visceral e sangrento, conhecido pelos críticos literários como gore. O segundo é o horror, que apresenta criaturas sobrenaturais, como zumbis e vampiros. O terceiro é aquele que vai além da imagem descrita e apavora o leitor com elementos psicológicos.

Obviamente, você não precisa escolher apenas um desses, mas é interessante que saiba qual estilo sua história vai destacar.

2. Estruturar bem a narrativa

Um bom exemplo de estrutura narrativa é o esquema incidente incitante/ponto de virada e clímax. Nesse formato, o livro já começa cativando a atenção do leitor e oferecendo “combustível” para avançar.

O ponto de virada pode ser tanto para o bem ou para o mal, mas é válido mudar para percorrer um caminho interessante até o clímax, o ponto alto da história.

Seja qual for a estrutura do seu livro de terror, ele não precisa, necessariamente, ser muito extenso. Aliás, histórias curtas funcionam muito bem para o gênero.

3. Criar momentos de suspense

Os livros de terror não se sustentam apenas com cenas de horror explícito. Usar doses de suspense ao longo da narrativa é uma ótima forma de garantir o interesse na história sem abusar demais dos elementos óbvios. 

Ele dá um tom de incerteza e a sensação de que, a qualquer momento, algo muito ruim pode acontecer ou algum personagem pode ser revelar diferente do que estava se mostrando.

O suspense depende do quanto o leitor sabe e do quanto você antecipa sobre o mal que ronda seus personagens, por isso, não entregue o ouro de bandeja e seja cauteloso. 

4. Conversar com o mundo real

Não é porque estamos falando de livros de terror que o ambiente onde a história se passa não precisa ser levado em consideração. Quanto mais próximo da realidade ele for, mais medo fará o leitor sentir, já que ele poderá identificar as situações enfrentadas pelos personagens com a sua vida real.

O ambiente da sua obra deve ter o equilíbrio perfeito entre o imaginário e o real, para tornar crível o impossível. 

5. Transmitir medo 

O medo funciona como uma espécie de paradoxo: ao mesmo tempo em que as pessoas instintivamente o evitam, também se sentem atraídas por ele.  Esse é um dos motivos para o gênero ter tantos fãs e ser um mercado promissor tanto na literatura quanto no cinema. 

Pode-se dizer que a missão de um livro de terror é transformar o medo em entretenimento.

Diferente de um filme, nos livros o imaginário do leitor trabalha mais, já que não tem uma imagem formada, e, por isso, há mais espaço para despertar o medo de formas diferentes. 

Essas cinco dicas são o pontapé inicial para escrever livros de terror e agora é hora de colocá-las em prática nas suas novas histórias.

Conte com a ajuda da Autografia e receba dicas como essas diretamente no seu e-mail. Basta assinar nossa newsletter!

2
Mockup-Horizontal (42)
Mockup Horizontal (51)
Postagens relacionadas
voce-sabe-o-que-e-revisao-de-literatura-entenda-aqui.jpeg
Você sabe o que é revisão de literatura? Entenda aqui!
como-divulgar-um-livro-academico.jpeg
Como divulgar um livro acadêmico?
4-autores-inspiradores-para-quem-quer-escrever-um-livro.jpeg
4 autores inspiradores para quem quer escrever um livro
utilizando-referencia-bibliografica-da-maneira-correta-em-sua-escrita.jpeg
Utilizando referência bibliográfica da maneira correta em sua escrita
Saiba_como_e_por_que_começar_a_escrever_um_livro.jpg.jpeg
Saiba como e por que começar a escrever um livro