Aprenda a superar um bloqueio criativo

Um bloqueio criativo ao escrever um livro surge por inúmeros motivos. Muitos escritores sofrem do problema por medo de críticas ao colocarem o seu trabalho na rua. Também pode ocorrer devido a um perfeccionismo extremo, que impede qualquer obra de ser terminada. Mas a explicação talvez seja mais simples — pode ser que você não esteja no momento certo para progredir, pois suas ideias precisam amadurecer e se desenvolver.

O que fazer, então? Para ajudar você a resolver essa situação, reunimos, no post de hoje, algumas dicas rápidas e muito eficientes na hora de resolver esse problema. Confira!

Troque de ares

Isto é algo pequeno e que pode ter um efeito determinante para você se livrar de um bloqueio criativo. Ao trabalhar sempre no mesmo lugar e se envolver com as mesmas coisas no dia a dia, fica faltando o estímulo vindo do inédito. Portanto, dê uma pausa e vá passear em um lugar aonde você nunca foi.

Elimine as distrações

Elas são inimigas da produtividade e podem impedir que você consiga desenvolver as ideias de que precisa. Então, certifique-se de colocar o celular no modo silencioso e se livrar das notificações que possam aparecer no seu computador. Sempre que possível, deixe a internet desligada enquanto trabalha. Se você perceber que trabalha em um lugar ou horário com muitas distrações, faça os ajustes necessários.

Escreva sem propósito

O simples ato de escrever é algo que ativa a criatividade, mesmo que não tenha nada a ver com o que você precisa produzir. Abra um novo documento e escreva o que lhe vier à cabeça! Faça isso todos os dias e você vai perceber que sofrerá cada vez menos com bloqueios criativos, já que a escrita irá se tornar algo bem mais natural.

Leve um caderno sempre com você

Nunca se sabe quando uma ideia incrível vai surgir! E quando isso acontece, a pior coisa é tentar confiar na memória e, quando chegar a hora de resgatar seus pensamentos, não conseguir lembrar de nada. Leve sempre um pequeno caderno com você e anote tudo o que achar importante. Isso vai diminuir substancialmente o número de ideias perdidas e, assim, diminuir a força de eventuais bloqueios criativos.

Crie listas ou mapas mentais

Você já deve ter percebido que a escrita é a solução para o bloqueio criativo, não é? Então, outra sugestão para escapar deles é criar listas de assuntos variados, ou planejar o que você precisa escrever, explorando todas as possibilidades do tema com um mapa mental que explora seus diferentes aspectos. Ele vai servir para combinar ideias e redescobrir velhos conceitos através de novos ângulos.

Não espere pela inspiração

Este é um hábito que torna o processo de escrita bem passivo e pode contribuir imensamente para que o seu bloqueio criativo permaneça. Inspiração nada mais é do que usar as referências que você já possui em favor do trabalho que você precisa produzir. Portanto, não se trata de esperar a inspiração: vá atrás dela!

Ao seguir nossas dicas, você terá condições de se livrar do bloqueio criativo e se certificar de que ele não apareça mais. Que outros métodos você conhece para escrever melhor? Tem outras dúvidas sobre o assunto? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

9 formas de começar a escrever um livro

Muitas vezes, alguém tem uma excelente ideia na cabeça mas não sabe exatamente como começar a escrever um livro, pois tem dificuldade em materializar os pensamentos para transformá-los em um bom conteúdo. Assim, a primeira linha ou o primeiro parágrafo de uma obra podem demorar anos para serem escritos.

Começar uma narrativa com o famoso “Era uma vez…” até pode funcionar, mas, dependendo do gênero, não vai ser suficiente. Então, que atitudes o escritor pode tomar para iniciar seu escrito?

No post de hoje, apresentamos algumas formas de começar a organizar suas ideias no papel. Continue a leitura para saber mais!

1. Não comece pelo começo

Este conselho pode parecer estranho, mas não é. O desenvolvimento da versão oficial do livro dificilmente se dá na primeira tentativa. Isso porque as reescritas costumam ser tantas que podem surgir várias mudanças até que a obra seja finalizada.

E, dependendo do gênero literário, não adianta mesmo querer começar pelo começo! Um livro de poemas, por exemplo, pode ser reestruturado várias vezes até que se decida qual poesia é ideal para iniciar a obra.

Já as primeiras páginas de um romance dependem de muitos fatores: pode ser que você decida contar a história cronologicamente; depois, percebe que é possível criar um mistério inicial que será explicado mais para frente; ou quem sabe decide começar revelando um acontecimento impactante!

O ideal é montar um esqueleto dos acontecimentos do livro para poder testar alternativas de início, assim você consegue definir melhor como construir a introdução da história.

2. Comece pelo protagonista

Muitos escritores profissionais iniciam a escrita de suas narrativas pela construção do protagonista. Isso é válido porque, dependendo do perfil da personagem principal, você define qual caminho seguir. Com o protagonista constituído, você consegue pensar qual fase da vida dele o livro vai abordar, por exemplo, e isso te ajuda a montar o eixo da história.

Se seu livro tiver um protagonista adulto, ele poderia começar com uma fala enigmática ou em uma cena de crime — mas é claro que isso vai depender muito de o que você quer contar a respeito dessa personagem e, principalmente, do gênero literário que você está criando.

3. Defina o gênero e tema da obra

Ter um gênero literário em mente ao começar a escrever é fundamental, pois isso faz com que você decida diversos aspectos da obra, como:

  • tamanho (quantidade de páginas) do livro;

  • se contará uma história única ou se será uma coletânea;

  • quais temas serão abordados e como abordá-los.

Para saber qual gênero combina com seu conteúdo, é fundamental conhecer os tipos de textos existentes: romances de aventura, policial, ou de fantasia; poemas; crônicas; contos; estudos acadêmicos; manuais técnicos; materiais didáticos… São muitos os gêneros existentes!

Para compreendê-los, nada melhor do que ler obras de cada tipo e perceber suas características. Uma dica válida é desenvolver seu texto de acordo com o gênero que você mais gosta. Assim, pode ser que sua escrita flua melhor, já que você conhece bem como esse gênero funciona.

A mesma dica é válida na hora de definir o tema: quanto mais afinidade você tenha com o assunto a ser abordado no livro, melhor. Escrever sobre o que você gosta, ou sobre algo que domina, é prazeroso para você mesmo e aumenta as chances de os leitores gostarem do texto, pois eles vão se dar conta de que o livro foi feito com expertise e qualidade.

4. Pense no público-alvo

Por falar em seus leitores, a escolha dos temas e do gênero também está intrinsecamente ligada a eles. Por isso, imagine o perfil de uma pessoa que represente o seu leitor ideal: pense na idade, sexo, crenças e gostos pessoais. A partir disso, sempre que escrever algo, avalie se essa pessoa se interessaria pelo gênero literário, pelos temas abordados e se a linguagem está adequada a ela.

Analise, também, pesquisas sobre os perfis dos leitores. Se você acha um dado que diz que 80% dos jovens de 12 a 16 anos não gostam de poesia, e seu público-alvo é justamente esse, você já sabe em qual gênero não vale a pena investir. Mas, se você for ousado e, assim mesmo, quiser escrever poesia para jovens, pode desafiar-se a construir os textos tentando conquistar esse público.

5. Atente-se a frases inquietantes

Não é difícil ouvir escritores relatarem que começaram um romance com uma frase que escutaram em um ônibus ou metrô. Eles ouvem algo quando passam por uma rua e pronto: aquela frase fica na memória. O autor pode até anotá-la — ou simplesmente decorá-la — e trabalha a partir dela.

Por falar em anotar, é válido ter um bloquinho com você, no qual possa escrever o que vai ouvindo na sua rotina, ou para registrar uma ideia que surja de repente — especialmente se você tem memória fraca.

O que é dito por outras pessoas pode despertar um argumento, um parágrafo ou, até mesmo, um livro inteiro. Por isso, fique atento: as conversas e frases ao seu redor podem ser uma fonte infinita de inspiração!

6. Inspire-se também no que você observa

Escritores costumam estar atentos a acontecimentos sociais, políticos, histórico ou banais, e isso faz deles bons observadores. Assim como as frases ouvidas por aí, uma situação vivida ou observada — ou mesmo inventada, mas inspirada na realidade — pode ser o começo da construção de uma boa história.

Um tempo depois, essa observação transforma-se em um roteiro ou um esboço dentro da sua cabeça e, quando você se dá conta, já está com o poema, romance ou conto completamente articulado.

7. Esteja em contato com outros textos

É quase impossível ser totalmente original. Muitas histórias de sucesso são inspiradas não só em fatos cotidianos, mas em leituras de outras narrativas, matérias de jornais ou revistas, roteiros de TV ou cinema etc. E não há problema em buscar inspirações em modelos como esses!

O que interessa é formar um bom repertório de fatos, tanto verossímeis quanto absurdos, a partir dos quais você terá referências para enriquecer sua obra. Mas lembre-se: inspirar-se não significa plagiar (copiar totalmente as ideias). Na verdade, a leitura serve de fonte de aprendizado para um escritor. Foi inspirando-se em outros textos que muitos tiveram ideias que viraram obras interessantíssimas.

Um bom exercício nesse sentido (para inspirar-se em outras obras) é observar como esses textos começam, quais são suas frases iniciais e como elas prendem o leitor assim que ele inicia a leitura.

8. Leia também sobre técnicas de escrita

Conhecer a teoria por trás da escrita também é importante para um escritor que deseja ter um livro publicado. É por isso que vale a pena não somente ler textos para familiarizar-se com os gêneros literários, mas também entender a estrutura de cada gênero e estudar técnicas de escrita.

Com isso, busque por literatura especializada e até mesmo por atividades práticas. Você pode se valer de:

  • manuais de redação;

  • dicas sobre gramática e ortografia;

  • exercícios de criação literária;

  • estruturas de cada gênero;

  • cursos de redação literária/científica/jornalística etc.

9. Não abra mão da revisão e edição

No processo de escrita, extrair as ideias da cabeça para o papel é a questão principal. Com isso, é normal que a correção gramatical e a coerência sejam negligenciadas. Apesar disso, você não pode se esquecer por completo desses aspectos. É preciso, sim, submeter seu texto a uma edição e revisão.

Após escrever as primeiras páginas, deixe o texto de lado e retome-o após alguns dias para fazer uma leitura focada em identificar erros de gramática e ortografia, e para verificar se não há contradições ou trechos incompreensíveis.

Idealmente, alguém mais deve fazer essa leitura crítica do seu texto, preferencialmente um editor e um revisor profissionais. Se um especialista puder ajudar, desde o princípio, com a melhoria do seu texto, isso aumentará consideravelmente a chance de você finalizá-lo com qualidade antes de publicá-lo.

É com a prática que cada pessoa descobre como começar a escrever um livro, mas esperamos que as dicas deste texto facilitem seu processo de criação. Se o seu problema não diz respeito a como começar a obra, mas sim a como não se perder na hora de redigir o texto, sugerimos que você conheça nossas 4 dicas de redação para escrever um livro!

Resultado da promoção

Tivemos dezenas de participantes All JerseySport no Facebook e várias fotos ótimas para www.alljerseysports.com decidirmos quem levaria o kit da Editora Autografia… E que tarefa difícil! Mas alguém tem que levar o prêmio, não é mesmo?

Vale lembrar que os participantes que não cumpriram France football shirts todos os regulamentos foram desclassificados.

REGULAMENTOS:

– O participante deverá Argentina football shirts aparecer na foto com o livro “Contos de Alguns Lugares”;

– O participante deverá publicar a Barcelona football shirts foto no Facebook e marcar a página da Editora Autografia em seu post;

– A publicação deve estar em modo público;

– O prazo de envio das fotos começa em 17/02/16 e termina no dia 18/03/16;

Sem mais delongas, a sortuda que receberá uma ecobag e uma agenda exclusivas da Editora Autografia é a… Marta CNoronha Fragomeni. Parabéns, Marta! Nos envie um Juventus football shirts inbox no Facebook ou mande um e-mail para [email protected] com seu nome completo, endereço para envio do prêmio e telefone para contato.

Parabéns, Marta!

Obrigada a todos que nos mandaram suas fotos com o livro do Paul Richard Ugo! Se não foi dessa vez que você ganhou, não desista, ainda temos muitas surpresas e novidades pela frente. 😉

Como publicar um livro: veja diferentes maneiras

Publicar um livro já foi algo mais difícil. Com as mudanças All JerseySport tecnológicas das últimas décadas, tornou-se possível para mais pessoas produzir um arquivo de texto bem diagramado, pronto para ir para a gráfica, com resultados de impressão bem próximos de livros feitos por editoras famosas. Ter um livro publicado não é mais um sonho distante, seja com finalidades artísticas ou técnicas. 

Se a publicação é um desejo, um sonho ou uma necessidade, não importa. O fato é que, nos dias de hoje, pode-se realizar qualquer um deles, sem grandes transtornos. E há alguns modos de publicar um livro, sem depender daquele mitológico aceite de uma www.alljerseysports.com editora multinacional, como vemos nos filmes. Descubra conosco como publicar um livro. Vejamos algumas opções que podem atender você. 

Grandes editoras

Muita gente já viu em filmes ou soube por amigos que alguém enviou um “manuscrito” ou “original” para um editor famoso e ficou esperando a resposta. O profissional apaixonado por bons textos dirá que sim, e então um futuro best-seller passará a existir. Mas não é Chelsea football shirts bem assim que isso acontece. Esse é o modo mais difícil e tortuoso de conseguir publicar. Mesmo grandes autores optaram por outros jeitos de dar à luz suas obras, antes de chegar às mãos da editora, especialmente se ela for grande. Você pode tentar, mas provavelmente precisará ter bastante paciência. 

Autopublicação

Faça você mesmo. Esse é o lema de um outro modo muito conhecido de publicar um livro. Você mesmo escreve, revisa, planeja o projeto gráfico, diagrama, desenha a capa, faz o acompanhamento gráfico e produz lançamentos, releases, etc. Você mesmo orça e paga Portugal football shirts tudo o que for necessário para que o livro exista. No entanto, há uma questão a ser resolvida: e se você não souber fazer todas essas etapas? E se você quiser muito publicar seu livro, seja ele literário, técnico ou outro, mas não tiver condições de assumir todas England world cup shirts as etapas de produção? Em outros tempos, autores hoje famosos se autopublicaram, com dinheiro do próprio bolso e material que eles mesmos produziram, mas talvez não seja mais necessário que você se estresse tanto para publicar. Porém, nada o impede de tentar.

Editora independente

Por que não buscar os serviços de uma editora independente que possa publicar seu livro? Esse tipo de editora é cada vez mais comum e muito buscado por pessoas que querem ver suas obras publicadas sem aguardar anos a resposta de uma grande editora. O texto original é de sua responsabilidade, mas a editora projeta, diagrama, revisa, manda imprimir ou imprime e entrega tudo pronto, por um preço que costuma ser bem justo, e em alguns casos até de graça. É, hoje, uma opção melhor e menos trabalhosa do que a autopublicação, com bons resultados e acompanhamento profissional. Mas pesquise bastante antes de contratar um Tottenham Hotspur football shirts serviço assim. Procure por livros lançados anteriormente pela mesma empresa, observe se gosta do material, tire todas as dúvidas sobre as etapas e os processos de produção, veja se será realmente atendido. Nem toda editora independente está aberta a esse tipo de solicitação, mas esteja certo de que será fácil encontrar uma boa oportunidade.

O importante é que você conheça algumas opções que estão bem próximas de suas necessidades e saiba como proceder ao escolher um caminho para a publicação de sua obra. Todos os modos darão na produção do seu livro, com maior ou menor facilidade. E que tal nos consultar sobre suas dúvidas ou contar sobre qual é seu desejo de publicação? Comente nosso post, interaja conosco. 

What exactly are Values of the Two-Year College.

State-of-the-art education with this country is immediately turning into a necessity in the business enterprise team rather than an extravagance. Inside previous the consumers who had a secondary university exercising even now experienced the prospect to fabricate a first-class environment for by themselves and their families. Those people days are efficiently becoming an extra dieing coal with the earlier. For the off probability you wish to have substantial getting likely amid your life span you’re thoroughly restricted by your discovering possible and also degree of instruction you could have gotten.

The uplifting information is that you never have to have a acquire or bust solution almost about instruction. You may commence by making toddler strides with regards to enhanced education and learning. To the off chance which you have got a junior higher education as part of your common vicinity, this can be an example of the optimal property for commencing your college instruction at any stage into your living. Most junior colleges supply courses at varied periods amid the day and night time, even some on Saturday trying to keep in mind the tip goal to oblige understudies of assorted ages and foundations.

Junior schools on top of that offer a incredible chance to get started with your gaining knowledge of mission in a way that is definitely a very good deal further very easily realistic into the typical national than an all out university. These educational institutions are into a remarkable extent worker educational institutions then again one can find a number of that allow understudies the practical experience of dwelling on the university grounds in a a lot of decrease price than most authentic colleges charge for the exact same or fundamentally similar to positive aspects.

Junior schools in addition allow you to look into your possibilities in case you aren’t typically various what heading you wish to your education to choose free of paying out such a significant price to the process. In case you understand the vocation way you want to consider you can track down a two-year diploma program that could have you ever from university as well as in a occupation a lot ahead of a four-year software will permit. On the off likelihood that that won’t ample information for you personally, a significant percentage of the two-year assignments of research that are provided on the junior higher education stage would likely just shift effortlessly into four year certification software programs on the school amount.

Junior colleges give a exceptional commence for some individuals who are looking for enhanced education and learning even if to help their professions or perhaps to find pleasure on someone amount in life. There are a multitude of very good tasks in expert fields and scholarly fields that can be investigated and scientific tests for the junior college or university stage.

For graduating secondary college understudies junior schools facilitate understudies instruction to the alteration from secondary faculty to high school with no encountering the way in which of everyday life stun that a couple of colleges can set understudies by way of. You will discover that there are typically a great number of odds to satisfy instructive as well as social necessities relating to the junior higher education level for understudies that can be occupied with searching for following a junior faculty education.

You ought to also learn that junior faculties tend to be significantly less demanding to investing with reference to putting aside finances and financial investment cash for both your own faculty schooling or the instructive expenditures of your youngsters. Possessing them drop by a junior college or university to get a longer time then exchanging to a University can spare loads of hard cash and give you a small amount of brain that the young people are as nonetheless accepting an incredible degree of instruction.

Actually, over the off chance that you will be attempting to find an astounding superior with regards to instruction you would do oneself or your youngsters an personal injury in case you don’t look and feel with the junior university choices in the basic vicinity previously dove in and jumping into the faculty means of lifespan. You will discover that junior schools often make available an equal level of instruction for that standard courses that 1st and next 12 months undergrads continually choose, they really are a vastly improved esteem to the dollars, and they are an remarkable attributes for your people who will be making an attempt to juggle their guidance with family unit and perform responsibilities.