Autografia lança o novo selo Subúrbio Editorial

Com o objetivo de dar voz a um público com pouca representação no mercado editorial, a Autografia lança o selo Subúrbio Editorial, focado na publicação de obras de autores de periferias, favelas e subúrbios do Brasil.

O objetivo do selo Subúrbio Editorial é servir como plataforma para obras deste tipo de autores e obras acadêmicas que estudam as áreas em questão, além de suas relações com o espaço da cidade. No Rio de Janeiro, temos como objetivo emergir dos subúrbios e favelas as narrativas destes territórios para que venham à luz, desvendando uma nova página na história da cidade.

“O subúrbio carioca tem uma história, e quem não conhece a História desta cidade, principalmente no pós-1889, acha que o que fazemos é inveja e recalque das classes economicamente privilegiadas. Através de nossas narrativas cotidianas e vivências culturais latentes, queremos mostrar que a verdadeira alma do carioca vem das ruas de nossos bairros e suas vizinhanças, na convivência do dia a dia do trabalhador, suas expectativas, alegrias e tristezas, pouco explorados pelas grandes editoras, que só visam um Rio de Janeiro feito por encomenda para atender os anseios de uma cidade-espetáculo”, conta Vitor Almeida, responsável pelo selo e autor da página Suburbano da Depressão, que se tornou um livro publicado pela Autografia.

Os mais recentes autores do Subúrbio Editorial são Elika Takimoto e Leandro Leal, cujos lançamentos estão programados para ocorrer na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, em setembro.

Elika Takimoto é Professora de Física na Cefet/RJ, Mestre em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia pela UFRJ e Doutora em Filosofia pela Uerj é autora de 8 livros (alguns ainda não publicados). Lançará seu nono título na Bienal do Rio 2017 pelo selo, o “Beleza Suburbana”. Destaque nas redes sociais com seus comentários sobre a política atual e seu cotidiano junto à família, conta com mais de 140 mil seguidores no perfil pessoal. Vencedora do prêmio Saraiva Literatura 2015 na categoria crônicas.

Leandro Leal é natural de Cascadura, atualmente é empresário do ramo de Food Trucks. Já atuou como ator e diretor de teatro, além de músico. Fez a vida no ramo de vendas, e hoje é seguido por mais de 25 mil pessoas nas redes sociais em seu perfil pessoal com suas postagens de humor, com uma fan page com mais de 7 mil pessoas. Seu livro, “Cola Que É Sucesso, Meu Parente!” integra os lançamentos do selo Subúrbio Editorial na Bienal do Rio 2017.

 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Postagens relacionadas
Bruno H.S. lança “Diário 2116”, obra de ficção científica futurista
Está no ar o programa com Douglas Cavalcanti e Eleuza Cristina do livro “Entre o Céu e a Terra”
Lançamentos da Semana
Confira o novo programa da Rádio Autografia, com Esequias Nunes da Silva e “O Leão Ferido”
LER Carioca agora na Biblioteca Parque