ankara escort çankaya escort

Professora lança obra lúdica onde aborda a força do amor de mãe

A autora Ida Maria, já teve diversas profissões e por fim, se formada em pedagogia, lança a obra “Homem pequeno & Homem grande”. No livro, Ida traz uma trama de conto de fadas, onde aborda o encantamento e o lúdico.

Em entrevista ao Blog Autografia, Ida conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “Cheguei em São Paulo com minha mãe e meus dois irmãos com a roupa do corpo, fui empregada doméstica, faxineira, merendeira, manicure, cabelereira e agora professora. Me formei em pedagogia e fiz especialização em psicopedagogia e literatura infantil.”

“O livro é dividido no primeiro momento em uma trama de vingança, prisão, medo, angústia e depressão, no outro a resolução da trama e o retorno para a família. Ele aborda a vingança e traição no mundo da magia, mas o amor de mãe deixa claro que ainda é a força que precisa para retornar em segurança a família.”

A inspiração para Ida escrever foi a insônia e o processo não foi fácil: “Foi no susto, perdi o sono e comecei a escrever aleatoriamente, em instante tinha escrito toda a história no próprio celular. Foi difícil, pois não tinha experiência e não tive direcionamento, o processo foi rápido, escrevi sozinha, na madrugada, tive medo, mas aqueles que leram disseram que estava bacana. Foi neste momento que decidi publicar.”

Para Ida, publicar o livro traz uma sensação inexplicável: “É uma sensação muito boa, sem palavras, digo que é o nascimento de um filho, pois nos permite vivenciar momentos de criação ao mesmo tempo de aprendizado. A minha expectativa é levar a magia e encantamento e a ludicidade as crianças. Quero logo, publicar outras obras, certamente que o livro nos abre caminhos e temos que traçar outras metas.”

A autora ainda deixa um recado para os leitores: “Pensar nos permite entrar em terras desconhecidas, já a leitura abre passagem para essa viajem.”

O livro “Homem pequeno & Homem grande” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!

Autor lança obra para trazer à origem da Maçonaria

O autor José de Oliveira, com uma longa vivência na Maçonaria, lança a obra “Maçonaria – sua história real”. No livro, José aborda a origem da Ordem Maçônica.

O autor José de Oliveira, com uma longa vivência na Maçonaria, lança a obra “Maçonaria – sua história real”. No livro, José aborda a origem da Ordem Maçônica.

Em entrevista ao Blog Autografia, José conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: Há muito venho verificando que alguns escritores se perdem quando se trata da origem da Maçonaria. Isto porque a Ordem Maçônica, propõe que seus membros obtenham o máximo de conhecimentos possíveis e detenham sabedoria a exemplo da do Rei Salomão. Assim, usa, como parte de ensinamentos, simbologias representadas por obras (as colunas do Templo de Salomão, por exemplo), lendas como a do arquiteto do Templo de Salomão, filosofias representadas por símbolos antigos ou ainda em uso, símbolos astronômicos, todos os quais servem para velar conhecimentos, principalmente filosóficos. Conforme a passagem do Evangelho de São Mateus (7,6), no Novo Testamento onde se lê: “Não deem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos, caso contrário, estes as pisarão, e aqueles, voltando-se contra vocês, os despedaçarão”. Aí a necessidade de velar o conhecimento. As pessoas têm que estar preparadas para recebê-lo.”

A inspiração para José escrever o livro veio da necessidade de trazer os leitores informações com embasamento científico: Sou uma pessoa que sempre gostou de ler e, principalmente, em Maçonaria é comum alguns autores, não muito afeitos ao trabalho científico, desenvolverem suas teorias na base do achismo, como diz Ângela Cerinotti, em Maçonaria. São Paulo: Editora Globo, 2004, estudando as origens da Maçonaria.”

Para José, publicar o livro traz uma ótima sensação: A mim me parece estar cumprindo um dever cívico, visto que proporciono, principalmente aos Aprendizes Maçons, a oportunidade de iniciar seus conhecimentos na Ordem, aprendendo a real origem da Maçonaria, face à documentação informada de sua existência. Espero uma grande aceitação do Livro, até mesmo pela simplicidade com a qual procurei escrevê-lo, dando-lhe ainda uma roupagem de conhecimentos gerais, “en passant”, sobre lendas e feitos da humanidade, desde a criação do mundo.

O livro “Maçonaria – sua história real” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!

Autora lança obra em que aborda os desafios da educação no Brasil

A autora Patrícia Teixeira, tem uma longa carreira na educação, com especialização em Educação Infantil, lecionou Biologia por 23 anos, fez Pedagogia e se tornou Diretora de Ensino, lança a obra “Liderança pelo coração”. No livro, Patrícia aborda os principais desafios enfrentados durante esse período.

Em entrevista ao Blog Autografia, Patrícia conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “Estou na área da Educação há 33 anos. Cursei o antigo Magistério, com especialização em Educação Infantil, pois sempre me imaginei na sala de aula. Lecionei a disciplina de Biologia por 23 anos, trabalhando com curso pré-vestibular, especialmente preparatórios para o curso de Medicina. Posteriormente fiz Pedagogia e me tornei Diretora de Ensino, profissão que exerço há pouco mais de 7 anos.”

“O livro aborda os principais desafios enfrentados ao longo do meu período de gestão escolar, os problemas para aprender a se relacionar com pessoas, dar feedbacks, demitir e contratar funcionários, ultrapassar um ano e meio de pandemia, além de algumas dicas de como tornar esse percurso mais fácil, através de experiências vividas. Traz técnicas utilizadas que melhoraram significativamente o relacionamento com meus liderados, criando um ambiente de harmonia e respeito mútuo.”

A inspiração para Patrícia escrever o livro veio de toda a sua vivência na educação: “A diversidade de pessoas, hábitos, crenças, particularidades, presentes em minha Equipe de Professores e funcionários; minha inquietação por tentar entender cada um, respeitando suas diferenças e, ao mesmo tempo, trazendo um esquema de Gestão compartilhada e mais humanizada, como meta de Liderança.”

A autora ainda conta mais sobre o processo de produção do livro: “Momentos de reclusão, proveniente principalmente do período de pandemia, onde me vi em situações que precisava apoiar, incentivar minha Equipe, sem saber ao certo como agir. Comecei a escrever semanalmente para os professores, afim de motivá-los a seguir em frente e, de repente, me vi escrevendo o livro.”

Para Patrícia, publicar o livro traz a sensação de realização: “Sensação de dever cumprido, pois não acredito em nada que seja feito sem amor e envolvimento, características fundamentais de minha gestão e evidenciadas nesse livro. Que ele seja utilizado como uma contribuição para aqueles que estão à frente de um grupo de liderados, independente da profissão escolhida e que, assim como eu, gostam de pessoas e acreditam no trabalho humanizado e em grupo.”

A autora revela ainda suas expectativas para a obra: “Antes de liderar, é preciso gostar de pessoas, se envolver, confiar, respeitar. Somente assim, conseguimos atingir nossos objetivos. Que esse livro seja uma pequena troca, entre apaixonados por pessoas e por Educação.”

O livro “Liderança pelo coração” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!

O lançamento do livro “Liderança pelo coração” será no dia 05/02 às 17h no Bom Bowls, endereço: Rua Siqueira Campos, 880 – Centro – Santo André.

Autor lança obra em que foca no passado e pensa sobre o futuro

O autor Ricardo Mandu, graduado em letras, desde sempre foi incentivado a correr atrás de seu propósito, tudo isso com incentivo de seus familiares e professores, lança a obra “A Ordem dos Lendários”. No livro, Ricardo leva o leitor a uma viagem ao passado e suas relações com o comportamento humano.

Em entrevista ao Blog Autografia, Ricardo conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “Durante toda a fase escolar alguns professores específicos me direcionaram pelo caminho do conhecimento, assim como me ajudaram a lapidá-lo com práticas, pois o objetivo era que o tempo trouxesse a sabedoria. Nessa jornada de autoconhecimento descobri o meu propósito para a vida, assim os sonhos se tornaram num plano em que a etapa principal era a Graduação em Letras. Para dar andamento nesse propósito, foi necessário empenho dobrado para buscar a estabilidade profissional no ramo em que atuo ao mesmo tempo em que criava os primeiros rascunhos do primeiro livro.”

“Quando planejei a trilogia A Ordem dos Lendários, um dos critérios utilizados determinava que cada livro devesse conter conexões externas, ou seja, aos que quiserem ir além dos textos e entender melhor o contexto em que está inserida a narrativa, há diversas referências a momentos e personalidades importantes da história da humanidade. Por ser tratar de uma ameaça global, criei personagens de diversas culturas e com as quais pude criar passagens marcantes para que você leitor possa refletir sobre vários aspectos, mergulhando em filosofias e sabedorias milenares.”

A inspiração para Ricardo escrever o livro veio em uma noite chuvosa em que foi pego desprevenido no meio da rua: “Não havia um abrigo próximo e estava tão encharcado que decidi voltar a pé para casa, pois estava com vergonha de entrar num ônibus lotado e molhar quem estivesse próximo. Durante a caminhada comecei a pensar como seria uma jornada a pé no mundo moderno. Porém eu pensava, quais motivos nos levariam a viver como os povos antigos? Desse questionamento surgiram ideias, das quais evoluíram para pesquisas. Muitos jornais, revistas e livros contribuíram para a elaboração do primeiro roteiro, mas estava faltando alguns elementos para transformar essas ideias interessantes.”

O autor ainda conta mais sobre o processo de produção do livro” Conforme eu finalizava um capítulo, surgia a necessidade de retornar aos anteriores e reescrevê-los. Novos elementos foram incrementados ao longo do desenvolvimento e foram importantes para a criação de uma narrativa cativante e inspiradora. O planejamento e controle para que não houvesse nenhuma falha foi desafiador. Desde os aspectos físicos e psicológicos de personagens, motivações e conclusões de cada arco narrativo, foi muito mais trabalhoso do que desenvolver os textos. Entretanto era um detalhe fundamental para que a história fosse coesa e coerente.

Para Ricardo, publicar o livro traz a sensação de realização: “Ao longo do caminho almejava um dia poder me orgulhar em saber que todo o esforço daria resultados, porém a sensação de realização foi diferente do que imaginei. Quando peguei o primeiro exemplar em mãos o tempo congelou, por um breve momento relembrei desde o dia em que caminhei na chuva até o momento em que abri a embalagem, foi como ser presenteado com algo que sempre esperei ganhar de maneira inesperada. As minhas expectativas geralmente são um duelo entre a emoção e a razão. A realização de todo autor é saber que as pessoas estão lendo o seu livro e ouvir as opiniões. Valorizo isso e é muito significativo para o desenvolvimento pessoal e profissional.”

O livro “A Ordem dos Lendários” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!

Baseada em sua experiência, autora lança obra sobre a conexão entre mãe e filho

A autora Marina Miranda, lança a obra “Os 3 mundos de Laura”. Formada em direito e artes cênicas, desde 2011 Marina vive dividida entre dois mundos, nascida no Rio, mora nos EUA, mas sua paixão pela escrita falou mais alto: “Hoje percebo que ao longo dos anos, apesar de muitas vezes estar dividida entre dois países ou duas carreiras, a paixão pela escrita sempre fez parte da minha vida. Guardo até hoje anotações, peças, filmes e livros que escrevi e nunca publiquei. Fico feliz que o primeiro a ser publicado seja o mais importante para um momento tão difícil e ao mesmo tempo tão mágico em nossas vidas.”

Em entrevista ao Blog Autografia, Marina conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “A obra faz uma analogia dos inúmeros obstáculos que todos nós superamos antes mesmo de nascermos. A primeira parte do livro aborda o questionamento sobre a existência de um outro mundo. Na segunda parte, o diálogo entre o feto e a mãe nos mostra como essa conexão é poderosa desde o momento em que o bebê está no ventre. No final acontece o nascimento do bebê, sendo este, o momento mais mágico, dando início ao milagre da vida.”

A inspiração para Marina escrever o livro veio de sua própria história: “Tive uma gravidez complicada.  Os médicos nos informaram que havia a possibilidade da nossa filha não sobreviver dentro do meu ventre. Durante várias visitas de emergência ao hospital e a crescente possibilidade da minha filha não resistir, eu nunca perdi a fé de que ela nasceria bem e saudável. Todos os dias eu conversava com ela e dizia que em breve nos conheceríamos e que tudo ficaria bem. Eu cantava músicas para ela, e tentava acalmá-la contando a história dos 3 mundos de Laura e foi daí que surgiu a inspiração para a obra. De tanto contar esta história para minha filha durante a gravidez, resolvi colocá-la no papel. Escrevi o livro sozinha, ou melhor, Laura me ajudou a contar esta história.”

Para Marina, publicar o livro traz imensa alegria: “Estou muito feliz de estar publicando esta obra. Hoje Laura tem 5 anos. Tivemos nosso segundo filho, Theo, que hoje tem 2 anos e a história deste livro é a história de todos nós que vencemos um turbilhão de obstáculos para chegarmos até aqui. Espero que este livro possa acalentar os corações de muitos papais, mamães, avós, crianças e todos aqueles que buscam uma história que de alguma forma retrata esse iniciozinho de nossas vidas.”

O livro “Os 3 mundos de Laura” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!

Professor lança obra onde critica a sociedade atual

O autor Gonzalo Bolliger, professor, lança a obra “Um Gato no País dos Evangélicos”. No livro, Gonzalo, faz uma crítica brutal à sociedade atual com deboche e exagero, muitas vezes de forma proposital, onde critica a aborda a hipocrisia, a ganância, o preconceito e a burrice de muitas parcelas conservadoras da nossa sociedade.

Em entrevista ao Blog Autografia, Gonzalo conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “ Nasci no Peru mas moro desde os 4 anos no Brasil; passei a maior parte em Campinas, mas nos meus 20 morei muitos anos em São Paulo; estudei Letras na USP, onde por inércia demorei vários anos para me formar e esse, para bem e para mal, foi o tempo em que vivi mais intensamente; além de escritor, trabalho como professor de espanhol e com traduções; ao contrário de muitos artistas contemporâneos, não tenho interesse por seguir carreira acadêmica; quase nunca participo de concursos literários; sou apaixonado por literatura e música,  principalmente rock; gosto de saber sobre diversos assuntos como psicologia, biologia, história,  antropologia etc; não sigo em meus escritos o politicamente correto.”

“Imagino que seja um livro forte para muitos leitores. E imagino que muitas pessoas evangélicas ou com familiares ou amigos evangélicos possam se sentir ofendidos. Não sou chegado a histórias de superação ou a personagens muito bonzinhos; então isso imagino que choque um pouco também; principalmente porque muitos autores hoje em dia veem a arte com certa função educativa e os personagens como modelos a serem seguidos. E aqui foi tudo o contrário. A intenção foi ser uma crítica brutal à sociedade atual.”

A inspiração para Gonzalo escrever o livro veio de uma história que escutou: “A ideia do livro surgiu quando um amigo escritor falou de uma história que tinha pensado sobre um gato que vive numa mansão de um pastor evangélico e vê como a mulher deste vai se sentindo abandonada pelo marido e se apaixonando por uma estátua da casa. Perguntei: pode plagiar? E ele falou não. Então peguei a ideia base e fiz uma história bem diferente. Essa história, por sua vez, surgiu quando escrevi a primeira página em um processo quase de associação livre e coloquei a imagem das múmias. E aí veio a questão: como conectar tudo? E daí foi surgindo toda a narrativa.”

Gonzalo relata ainda como foi seu processo de escrita: “Foi árduo no começo, porque eu tinha o ambiente da história (a mansão do pastor), os personagens, a crítica social, os acontecimentos principais que marcavam a história. Mas eu tinha um elemento estranho (as múmias) que eu tinha colocado por inspiração e que eu tinha que relacionar com o resto da história. E, por outro lado, eu tinha que dar uma causa plausível aos acontecimentos. Esses dois fatores fizeram que eu gastasse um bom tempo para conseguir formar um todo. Tive que fazer várias manobras narrativas para deixar a história coesa.”

Para Gonzalo, publicar o livro traz um misto de ansiedade e esperança:” Escrevo desde muito cedo, tenho obras terminadas faz tempo, inclusive esta (que comecei em 2015 e terminei em 2018), e por isso é uma inquietude acumulada por anos. Desejo que o livro tenha uma recepção ampla e imediata, porque trata de assuntos pertinentes ao tempo que vivemos. Então seria mais interessante que fosse lida agora. Porém sei que essa possibilidade é remota. É um livro cruel, cínico e que destoa da maioria dos tipos de livros mais lidos nos últimos anos.”

O livro “Um gato no país dos evangélicos” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui

Administrador lança obra onde reflete sobre o consumo descontrolado

O autor Octávio Pires, administrador no agronegócio, especialista em café, lança a obra “A Teoria do Alívio”. No livro, Octávio reflete sobre o que estamos fazendo com o tempo que nos é dado. Na obra, o autor traz uma ficção que trabalha com a mais dura realidade.

Em entrevista ao Blog Autografia, Octávio conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “Me tornei administrador de empresas no Agronegócio, tendo trabalhado principalmente com café entre outros produtos.”

“Como quase tudo que escrevo, ao longo da estória aparecem diversas oportunidades para reflexão. É um romance que explora algumas fraquezas humanas e a trama se desenvolve em torno de um personagem que quer melhorar o mundo criando consciência sobre o consumo desenfreado.”

A inspiração para Octávio escrever o livro veio de suas observações da vida: “Penso que toda obra é produto do inconsciente coletivo filtrado e exposto pelo autor. São pequenas histórias, observações, enfim retratos da vida. O autor é o fotógrafo e a literatura é o retoque. Tenho muito pouco tempo livre então escrever é para mim um ato que sofre muitas interrupções. Mas é um ato solitário. Escrevi o livro e ninguém o leu antes de chegar ao fim. Nem mesmo eu havia lido.”

Para Octávio, publicar o livro de realização e dever cumprido: “A sensação é muito boa. De realização. Minhas expectativas são de um novato. Cheio de sonhos, escrever mais títulos, escrever uma continuação, escrever uma obra sobre café, enfim, escrever.”

Octávio ainda deixa um recado para os leitores: “Minha mãe me dizia quando criança que não precisamos experimentar todas as sensações do mundo em nossas próprias vidas. Algumas são nocivas. Então use o espelho, a imagem invertida. INVERTA o que você vê na vida de quem está experimentando algo que você achar nocivo: Leiam muito! É a melhor e mais segura forma de observar e vivenciar o bem e o mau. Use o seu espelho sempre que achar apropriado.”

O livro “A Teoria do Alívio” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!

Jornalista lança obra que estimula diálogo entre adultos e crianças

A autora Gabriela Nasser, jornalista, com experiência em assessoria, lança a obra “Pompa e as circunstâncias”. No livro, Gabriela aborda questões importantes como prevenção do uso de drogas e a violência na infância e juventude, além da diversidade de religiões, o respeito às autoridades do Brasil com uma linguagem voltada para crianças de 8 a 12 anos.

Em entrevista ao Blog Autografia, Gabriela conta mais sobre sua trajetória e sobre o tema do livro: “Trabalhei em assessorias de imprensa governamentais e fui colunista social do Jornal O Fluminense. Atualmente tenho o site Gabriela Nasser Comunica, voltado para a sociedade do leste fluminense e Rio.”

“O livro é um paradidático, com discurso muitas vezes versado em rimas, é divido em 10 capítulos com assuntos variados, como prevenção ao uso de drogas, violência, cuidado com o meio ambiente, respeito a todas as religiões, etc.”

A inspiração para Gabriela foi ensinar o essencial para que as crianças cresçam sadias e saudáveis. A obra incentiva diálogos preventivos contra as drogas e a violência, com linguagem divertida, versada em rimas, para crianças, adolescentes, pais e professores.

Gabriela também falou sobre a produção da obra: “Escrevi sozinha, com cuidado de passar o melhor para que haja um diálogo entre pais, professores, crianças e adolescentes. “

Para Gabriela, publicar o livro traz imensa alegria e a satisfação: “A sensação é maravilhosa, no melhor sentido da vida em seu infinito fluxo positivo. Quanto às expectativas, estas giram em torno da adoção deste livro nos colégios.”

Gabriela ainda deixa um recado para os seus leitores: “As crianças merecem ser ouvidas, compreendidas, respeitadas e protegidas no melhor sentido da palavra. Merecem uma infância e adolescência feliz.”

O livro “Pompa e as circunstâncias” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!

 

Confira o novo programa da Rádio Autografia sobre o livro “Os Nobre Missionários”

O autor Luiz Augusto “Lapis” usa toda a sua experiência e conhecimento em jogos de RPG na obra “Os Nobre Missionários” onde mistura fantasia medieval e ficção científica.

Saiba mais sobre a obra e sobre o autor na entrevista de hoje:

Na obra, Luiz busca tirar o estigma de herói de seus personagens. Eles frequentemente erram, são enganados, prejudicam outros, tentam acertar e discordam entre si, enquanto tentam cumprir sua missão assim como é na vida, com todas as pessoas.

O livro “Os Nobre Missionários” está à venda em nossa loja online, adquira o seu exemplar clicando aqui. Siga nossas redes sociais e fique por dentro da programação!

Médico retrata a humanização da medicina ao contar histórias de pessoas transformadas pelo câncer

Com prefácio de Augusto Cury, radioterapeuta ingressa no mundo literário com obra que mostra os sentimentos de pessoas que lutam contra a doença. O câncer transforma as pessoas. Ele provoca sorrisos e lágrimas que muitas vezes (e pouca gente sabe disso) não estão relacionados com a morte ou o prolongamento da doença.

Inspirado pelos clássicos da literatura e nas paisagens naturais das Minas Gerais, o radioncologista Felipe Teles encontrou uma forma de descrever a transformação humana relacionada ao tumor: contar histórias de pessoas, imortalizar seus sentimentos e retratar como a humanização da medicina pode colaborar para o tratamento. Esse é o propósito de “Além da Bolinha –
histórias de pacientes que tiveram a vida transformada pelo câncer”, que teve seu lançamento no dia 30 de outubro.

“Felipe Teles, ao contar histórias transformadas pelo câncer, nos faz um alerta sobre a brevidade e a fragilidade da vida! Parabéns por sua obra socioemocional!”, descreve o psiquiatra e escritor Augusto Cury, que assina o prefácio da obra de entrada do médico Felipe Teles no mundo literário.
Longe de ser um tratado oncológico, o livro desperta os sentimentos mais íntimos do ser humano ao contar as histórias que vão muito além do consultório.

Em “Além da Bolinha” o leitor não encontra termos técnicos, descrição de diagnósticos ou o tipo de tumor que cada paciente vivenciou. Da Espanha aos campos mineiros de mata seca, o radioncologista se despe dos trajes médicos e das alas hospitalares para assumir o papel de contador de histórias e apresentar um novo olhar sobre a forma como as pessoas lidam com o câncer.

O câncer transforma não apenas pacientes e familiares. O autor relata a própria transformação em passagens autobiográficas e caracterizadas por curiosidades e revelações. É um convite para conhecer personagens da vida real e, inclusive, o despertar de um médico para o mundo da contação de histórias.

Sobre o autor Felipe Teles de Arruda é um apaixonado pela música, natureza e pelas coisas simples da vida, como pedalar pelas estradas de terra em meio a cachoeiras, cercas e árvores. É, também, médico radio-oncologista, membro titular da Sociedade Brasileira de Radioterapia, além de possuir MBA em gestão hospitalar e auditoria, com experiência em hospitais da Espanha e do Brasil.

O livro “Além da bolinha” está à venda em nossa loja online, fique de olho em nossas redes sociais e adquira o seu exemplar clicando aqui!